[CAMPANHA] Andre Matos no Palco Mundo - Rock in Rio 2015

quinta-feira, março 26, 2015 Adicionar Comentários
Andre Matos é reconhecido pelo seu talento musical e por ter feito parte das bandas Viper, Angra, Shaman, Symfonia e entre outras. O músico também fez parte de vários projetos dentro e fora do território nacional. Dentre eles, o mais conhecido, o projeto musical capitaneado de Tobias Sammet, Avantasia, que já participou de 3 álbuns de estúdio e foi um dos destaques no DVD do projeto, "The Flying Opera".

O seu interesse pela música ainda veio na infância e começou seus estudos musicais aos sete anos de idade com aulas de piano, e ingressou em sua primeira banda, o Viper, aos 13 anos. Com Viper, Andre Matos gravou dois discos, "Soldiers Of Sunrise" em 1987 e "Theatre Of Fate" em 1989, levando a banda a ter reconhecimento internacional com o lançamento dos dois discos. Depois do lançamento de "Theatre Of Fate", Andre Matos decidiu deixar a banda para dedica-se aos seus estudos na faculdade.

Tempos depois, após sua promissora carreira no Angra e no Shaman, Andre Matos iniciou a sua carreira solo com seus antigos companheiros do Shaman, Luis Mariutti e Hugo Mariutti. O primeiro álbum de estúdio de sua carreira solo, foi intitulado como "Time To Be Free", sendo lançado no dia 22 de agosto de 2007, acompanhado por uma bem sucedida turnê pelo Brasil, Europa e Japão. Em 2009, lançou o segundo álbum de estúdio de sua carreira solo, Mentalize. 

O terceiro e o último disco de sua carreira já lançado até o momento, foi lançado em 2012 com o nome de "The Turn of the Lights". 

Hoje, o maestro, tem uma carreira invejável, sendo ídolo de várias vertentes dentro do Heavy Metal. Seu reconhecimento, abrange uma legião de fãs em seu país de origem e mundo a fora. 

Você concorda que o Andre Matos e banda merecem tocar no palco mundo do Rock In Rio na edição nacional desse ano? Dê apoio curtindo a page da campanha no facebook: http://on.fb.me/1byfDsw

Mande uma mensagem ao site do Rock In Rio dizendo: Queremos Andre Matos no PALCO MUNDO do Rock in Rio 2015! - http://rockinrio.com/rio/rock-in-rio/faleconosco/

Agradecimentos: Andre Matos no Palco Mundo - Rock in Rio 2015

STRATOVARIUS - Visions Of Brazil: Entrevista com Jani Liimatainen

domingo, março 22, 2015 Adicionar Comentários
Jani Allan Kristian Liimatainen é um músico finlandês, ex-guitarrista da banda de power metal Sonata Arctica, e atualmente guitarrista da banda Cain's Offering. Até 2004, costumava tocar guitarra e teclado na banda Altaria. Saiu da banda Sonata Arctica em agosto de 2007, dando lugar a Elias Viljanen.

Jani começou a estudar guitarra com seus 11/12 anos, levando a sério o estudo somente lá pelos seus 14 anos, quando conheceu Yngwie Malmsteen, Steve Vai, Pain of Salvation, Dream Theater e etc. Sua evolução musical deu-se principalmente pelo auto-aprendizado, tendo poucas aulas como base. Ele tem, em sua maioria, guitarras da marca Ibanez.

Em 2012, Jani e Timo Kotipelto (vocalista do Stratovarius e seu colega de banda no Cain's Offering) tocaram juntos pela Finlândia, fazendo apresentações acústicas. Os shows resultaram em um álbum de estúdio chamado Blackoustic.

Recentemente, o Stratovarius Brasil teve a honra de conversar com Jani Liimatainen, guitarrista da banda Cain's Offering sobre planos futuros, lançamento de "Stormcrow", "Blackoustic" e etc.

Confira a entrevista abaixo:

Ricardo Carvalho: Olá, Jani! Você está prestes a lançar o novo álbum do Cain’s Offering, que por sinal é muito aguardado aqui no Brasil. Quão satisfeito você está com o novo álbum?

Jani Liimatainen: Oi Ricardo e Stratofans brasileiros, eu estou mais do que satisfeito! Acho que com este tempo e o orçamento em nossas mãos, não há realmente muitas maneiras para que esse álbum pudesse ter sido melhor que é.

Ricardo Carvalho: Você deu uma uma nova cara ao Power Metal com o Cain´s, o que agradou fãs de todo o mundo. Soa super bem e, ao mesmo tempo, é diferente de qualquer banda ou projeto que você já participou. O que você diria a respeito?

Jani Liimatainen: Obrigado por essas gentis palavras, esta é uma questão muito difícil para mim. Eu escrevi praticamente todo o material para a banda, então é muito difícil para mim avaliar se as canções são diferentes das outras bandas. Eu apenas tento e escrevo o melhor material que eu posso, então ter a melhor produção possível, e o que sai é o Cain’s Offering. Eu concordo que é talvez um pouco diferente de um monte de bandas, uma vez que Cain’s Offering tem alguns estilos diferentes, que é muito libertador para mim. É bom ser capaz de levar as musicas em diferentes direções sem pensar muito sobre como isso vai se encaixar com o “molde”, por assim dizer. Ao mesmo tempo eu ainda acho que existe um som muito coerente, solido e reconhecível para a banda, especialmente com o novo álbum.

Ricardo Carvalho: Qual é sua música favorita do álbum?

Jani Liimatainen: Novamente, uma pergunta muito difícil. As musicas são todas minhas crianças, então escolher uma favorita é sempre difícil, mas neste momento eu diria que minhas músicas favoritas são "Antemortem" e "Stormcrow".

Ricardo Carvalho: Tem planos para um lançamento de um vídeo clipe ou uma possível turnê?

Jani Liimatainen: Nós estamos discutindo algumas opções, mas com Timo, Jens e os outros caras tendo alguns outros compromissos também é difícil encontrar tempo para se reunir para essas coisas. Eu estou definitivamente esperando que nós possamos fazer alguns shows com este álbum, embora pode ser que nós tenhamos que esperar 2016 para que isso aconteça.

Ricardo Carvalho: Olhando pra trás, quem você diria que foi o músico que inspirou você a entrar na música? E o que motivou a você a ser um guitarrista de Power Metal?

Jani Liimatainen: Quando a MTV chegou na Finlândia e eu vi os vídeos "You Could Be Mine" do Guns N’ Roses e "Enter Sandman" do Metallica eu soube que queria me tornar um musico e fazer o que eles fazem. Quanto ao power metal, quando eu escutei Yngwie Malmsteen pela primeira vez, fiquei totalmente desintegrado, aquilo realmente me colocou a praticar pra caramba. Então um tempo depois eu ouvi "Episode" do Stratovarius e alguns materiais do Helloween, e eu estava entregue. Olhando pra trás tudo isso agora, parece surreal que alguns dos caras que me inspiraram bastante lá atrás estão agora na mesma banda comigo, tocando musicas que eu compus. Não posso reclamar.

Ricardo Carvalho: Há algum tempo atrás, você e o Timo mostraram interesse em colocar o Duo na estrada, principalmente em lugares como o Japão e América Latina. Ainda existe?

Jani Liimatainen: Sim, tanto o Duo e o interesse ainda existem. Nós estamos atualmente discutindo algumas ideias relacionadas a isso, mas neste momento é muito cedo para revelar qualquer coisa concreta. Continuem ligados nisso.

Ricardo Carvalho: Voltando ao Cain’s Offering, você tem alguma idéia de fazer algo ao vivo?

Jani Liimatainen: Sim, nós estamos definitivamente esperando por isso. A única questão, claro, é o tempo, como eu mencionei antes. Nós estamos tentando fazer isto acontecer, no entanto, seria divertido sair e tocar essas novas músicas ao vivo.

Ricardo Carvalho: Você e o Timo já pensam em um sucessor para "Blackoustic"?

Jani Liimatainen: Nós brincamos sobre isto, mas a verdade é que ambos temos muitas coisas para até mesmo considerar algo neste momento. Claro que ninguém sabe o que o futuro reserva, tudo é possivel.

Ricardo Carvalho: Bom, é uma pena que a nossa entrevista esteja chegando ao fim. Para finalizar, você gostaria de deixar alguma mensagem aos seus fãs brasileiros? Foi um grande prazer!

Jani Liimatainen: Muito obrigado pelo apoio de todos vocês! Isso significa o mundo para nós e estamos esperando trazer Cain’s Offering para tocar para vocês ao vivo e detonar tudo.

Tradução: Amiron Wolff
Agradecimentos: Julle e Jani Liimatainen

OBS: Você clicando em STRATOVARIUS - Visions Of Brazil: Interview with Jani Liimatainen, automaticamente será feito o download da entrevista em inglês no formato PDF.